Câmara de Vereadores realizou a primeira sessão ordinária de 2016

Sob a presidência de Cristiano Dutra Nunes sessão desta segunda-feira, dia 01 voltou a ter sorteio para definir ordem de pronunciamentos na tribuna.

Assunto: Administração

Publicado em 01 de fevereiro de 2016 às 10:36


Com o fim do recesso parlamentar, a maioria dos vereadores retornaram as suas atividades no plenário, a sessão ordinária desta segunda-feira, foi a primeira do ano, e contou com a presença de oito vereadores, Leticia Pavanelo (PDT) não compareceu à sessão, que teve início com 15 minutos de atraso, após o pedido do vereador Antônio Rui Goulart (PDT).
 
A ordem de pronunciamento dos vereadores no plenário voltou a ser definida através de sorteio, durante o ano de 2015, sob a presidência de Rômulo Barros (PSDB) a ordem era definida através de ordem alfabética em sistema de rodízio, ou seja, o último a se pronunciar em determinada sessão era o primeiro na reunião subsequente. O presidente Cristiano Nunes defendeu o sorteio como sendo a maneira mais democrática.
Ordem dos pronunciamentos é definida por sorteio (Foto: Rogerio Morais)
 
Na ordem do dia foi em votação a composição das comissões permanentes para 2016, as comissões foram definidas através da mesa diretora, a bancada de oposição formada pelos vereadores Claudete Druzian (PSB), Paulo César Pedroso (PT) e Antônio Rui (PDT) votaram contra, Antonio Rui considerou antidemocrática a imposição das composições, sem antes uma conversa prévia, afirmou que das forma com que foi apresentada a matéria está sendo colocada “à guela abaixo” pelo presidente Cristiano Nunes (PP) que por sua vez defendeu a forma com que foi definida pela mesa diretora, e em conversa telefônica com  o repórter Rogerio Morais  do Notícias 89 , afirmou que de maneira informal consultou alguns vereadores sobre qual comissão desejaria integrar. Os demais vereadores componentes da mesa e o bloco de situação votaram a favor e a matéria foi aprovada por maioria simples, quatro votos a favor e três contrários.
 
Dentro da ordem do dia ainda foram aprovados o projeto de emenda à Lei Orgânica Municipal que altera o artigo 55, esta matéria teve a aprovação da maioria dos vereadores alcançando a norma regimental de que é necessário dois terços dos votos, foram cinco votos favoráveis, dois contrários e abstenção da vereadora Claudete Druzian, considerando que apenas oito vereadores estavam presentes na sessão.
 

Baixado ficou o processo de contas do prefeito Puranci Barcelos dos Santos, referente ao exercício de governo do ano de 2013, a vereadora Claudete Druzian pediu vistas. 

 

Fonte: Radio 89.1 e Jornal Gazeta Missões


Imprimir



Comentários